Teresina - PI

Banhada pelos rios Poti e Parnaíba, e a única capital do Nordeste que não possui litoral, Teresina é conhecida como "Cidade Verde", pois suas ruas e avenidas são arborizadas, principalmente por mangueiras. Atualmente possui uma sólida indústria de confecções, boa rede hoteleira e bons auditórios. É um núcleo redistribuidor de produtos provenientes do Sudeste e das capitais nordestinas.


Secretaria do Turismo:
(86) 3215-7933
Site:
http://www.teresina.pi.gov.br

Pontos Turísticos

Biblioteca Estadual

A Biblioteca Estadual funciona no belo edifício que já abrigou a Câmara Legislativa, na Praça Demóstenes Avelino. Sua arquitetura preservada permite que se imagine como era a vida entre suas paredes na primeira metade do século XX.

Catedral de Nossa Senhora das Dores

A Catedral foi fundada em 1867, contudo o prédio desabou e foi reconstruído em 1871, sob os auspícios do Barão de Gurguéia. Seu altar é construído artesanalmente em madeira. Por sua fantástica acústica, tem servido como palco de recitais eruditos, notadamente no período do Natal.

Central Artesanal

A Central de Artesanato hoje funciona no edifício que já abrigou um Quartel de Polícia e a Cadeia Públicao. O prédio possui 27 lojas, que vendem peças em cerâmica, palha, madeira, renda e couro, além de comidas e bebidas típicas.

Igreja de Nossa Senhora do Amparo

Essa Igreja é a Matriz de Teresina, tendo sido inaugurada no Natal de 1852. As grandiosas torres e o belo passadiço superior que a caracterizam foram construídos já no século XX. De estilo eclético, ergue-se a uma altura correspondente a um edifício de quinze andares, na Praça da Bandeira.

Igreja de São Benedito

De estilo toscano, possui uma alta nave em arco e duas capelas laterais. Seu frontispício possui duas torres e um oratório central entre elas, com uma imagem de São Benedito em tamanho natural.

Palácio de Karnak

Inspirado em um templo grego, foi residência e depois sede do governo estadual. Hoje é usado para os despachos mais importantes do governador. Possui acervo de arte.

Parque Ambiental de Teresina

Também conhecido como Jardim Botânico, com 38 hectares, sendo a maior área de preservação da cidade, onde são desenvolvidas pesquisas com elementos da natureza.

Parque Ambiental Encontro dos Rios

O encontro dos rios Poty e Parnaiba é um espetáculo a parte. O parque compreende, um monumento à lenda do cabeça de cuia, galeria exposição de cerâmica, mirantes, restaurante flutuante, uma central de atendimento ao turista.

Parque Municipal do Acarape

O Parque Municipal do Acarape, possui uma área de 5 hectares e está localizado na Av. Maranhão, à margem direita do Rio Parnaíba, ao lado do conjunto Acarape. A área verde do parque, é formada por mangueiras, palmeiras nativas, bambu, angico, ingarana, pau-d?água e tantas outras espécies vegetais.

Parque Municipal Floresta Fóssil

Importante acervo ecológico, cultural e arqueológico, onde foram feitas descobertas de troncos fossilizados do gênero Psaronius, datados de aproximadamente 250 milhões de anos. Os troncos tem como originalidade a sua posição em vida, o único no Brasil.

Ponte João Luiz Ferreira

Mais conhecida como "Ponte Metálica", foi construída em 1938 permitindo a chegada da linha de trem até Teresina. A Ponte apresenta estrutura em ferro, como boa parte das pontes ferroviárias americanas e européias do final do século XIX e início do século XX.

Praça Pedro II

A Praça Pedro II, foi restaurada e é um exemplo deste retorno ao passado. O espaço reconquistou as formas arquitetônicas originais, proporcionando locais excelentes para o descanso e a meditação. Com as formas do início do século, luminárias da época, dando um tom entre o clássico colonial e art-nouveau.

Rio Poty

O Rio Poty nasce no Ceará, na Serra da Joaninha, e termina em Teresina, na sua confluência com o Rio Parnaíba. Vários parques ambientais foram criados às suas margens, onde os mais elegantes edifícios da Capital estão sendo erguidos.

Teatro 4 de Setembro

O Teatro 4 de Setembro já existe mais de 100 anos. Conserva em sua fachada a arquitetura de inspiração portuguesa com detalhes greco-romanos. Possui 600 lugares.

Teatro de Arena

Inaugurado em 1965, é uma construção de estilo romano, localizada na porção mais ocidental da Praça da Bandeira. É utilizada para apresentações ao ar livre, tradicionalmente sediando o Festival de Violeiros do Nordeste.

Mais cidades de PI